Chris Martin diz que Coldplay só voltará em turnê quando shows forem sustentáveis

Segundo o vocalista, Coldplay irá pensar em como tornar os concertos não apenas sustentáveis, mas “ambientalmente benéficos”.

21.nov.2019
Chris Martin em entrevista ao programa Breakfast. (Imagem: Frame de vídeo/BBC/Reprodução)

Em entrevista ao programa Breakfast, do canal BBC One, exibida nesta quinta-feira (21), Chris Martin revelou que Coldplay fará uma pausa de grandes espetáculos para pensá-los a partir do ponto de vista ambiental.

Na cidade de Amã, capital da Jordânia, para as apresentações de lançamento do álbum Everyday Life, o vocalista reforçou que a banda não sairá em turnê para sua divulgação.

“Nós vamos tirar o ano que vem ou dois para pensar em como podemos não apenas nossa turnê pode ser sustentável, mas também, ambientalmente benéficas”, declarou Martin. O vocalista, ainda, questionou a respeito de como aproveitar os recursos que a turnê cria para fazer tê-la um impacto positivo.

Martin revela que o sonho da banda seria um concerto em que nenhum material plástico seja utilizado e mantido através de energia solar.

Desde a turnê de divulgação de A Rush of Blood to the Head, Coldplay já leva aos seus shows campanhas, como as parcerias com organizações como a Oxfam e a Global Citizen, além de sempre terem demonstrado um ativismo presente — não apenas em relação ao meio ambiente.

Transporte é dilema

Para Chris Martin, um dos principais pontos desse questionamento da banda é o transporte. O avião, principal meio, emite altos índices de dióxido de carbono na atmosfera, o que gera grande impacto ambiental.

A sueca Greta Thunberg, ativista ambiental de 16 anos, navegou para o porto de Nova Iorque ladeada por uma frota de 17 veleiros representando cada um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).
A sueca Greta Thunberg, ativista ambiental de 16 anos, navegou para o porto de Nova Iorque ladeada por uma frota de 17 veleiros representando cada um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. (Imagem: ONU/Mark Garten)

Em agosto, a ativista Greta Thunberg, de 16 anos, ganhou notoriedade ao embarcar em uma viagem de veleiro, de Londres a Nova Iorque, para participar da conferência sobre o clima da Organização das Nações Unidas (ONU). Os discursos contundentes de Greta, na conferência, reacenderam o debate sobre as mudanças climáticas, principalmente devido à alta nas queimadas na Amazônia Legal que ocorria à época.

“É uma questão de aceitar que você tem que dar o seu melhor e não ser excessivamente zeloso em criticar os outros, porque todo mundo vai aparecer se você provar que é fácil fazer do jeito certo”, explica Chris Martin.

Comentários

As mensagens deixadas por leitores não são responsabilidade do Coldplay Brasil. Vale lembrar que, como não compactuamos com discurso de ódio, comentários que sejam ofensivos serão excluídos. Nós também utilizamos o Akismet para tentar reduzir spam. Clicando aqui você entende como seus dados são processados.
  1. Lucas Medeiros

    21.nov.2019, 14:20

    Muito legal a ideia! Impossível não ser fã de Coldplay, a cada dia eu amo mais. Porém, diante dessa notícia, fico um pouco triste, pelo fato de que nunca fui a um show da banda e é um dos meus sonhos que, pelo visto, vai demorar a ser realizado.

Deixe um comentário

Skip to content