Roadie #42, Blog #186 – A gravação do clipe de A Sky Full Of Stars
Roadie #42, Blog #186 – A gravação do clipe de A Sky Full Of Stars

Um blog perdido contando detalhes da gravação do clipe de A Sky Full Of Stars.

Compartilhe
Publicado em 28 de maio de 2015 e atualizado pela última vez em 19 de dezembro de 2016 às 19:53.

Enquanto eu estive preparando essa nova versão da Linha do Tempo, tropecei em algumas coisas que eu não tive tempo de terminar.

Aqui está um “blog perdido” que eu escrevi durante a Era Ghost Stories, mas que nunca tive tempo de terminar e postar.

R42

2014_06_17_01

Pobre Mat Whitecross! Sempre que seu telefone toca e ele vê que é o Chris quem está lhe telefonando seu coração deve pular.

Ele fez vários clipes da banda desde o primeiro de todos – e parece que cada vez fica mais caótico e louco. Acho que ele é uma das pessoas mais otimistas e criativas do planeta.

Então cá estamos nós fazendo um clipe de última hora para A Sky Full Of Stars em Sydney, na Austrália. O plano parece estar além, “vamos colocar várias pessoas na rua, então vestir a banda em roupas de one-man-band descendo pela calçada – podemos fazer tudo em um take, você só caminha na nossa frente”. As coisas foram planejadas por um soberbo departamento de roupas e uma pequena equipe, mas é claramente o que está acontecendo.

O chamado foi ontem pelo moderno Bat-Sinal do Twitter. As ruas foram se enchendo desde às 7h30 e a polícia está tentando deixar tudo em ordem e o tráfego tranquilo. Estamos dentro de um bar que serve como base de operações e há um problema.

Com um grande interesso do público, vem a atenção da mídia, que na Austrália, ficou conhecida como um problema no passado. Nas portas do bar, o enxame de lentes parece uma cena de zumbis em um filme. O problema não é simplesmente ter uma foto sua tirada. Ninguém se opõe a isso. O problema é que esses caras são os mais – como posso falar isso? *comprometidos com seu trabalho* do que qualquer um no mundo. Eles vão parar em qualquer lugar para tirar uma foto melhor do que o seu concorrente.

2014_06_17_02

O chefe da polícia local nos diz que vai educadamente pedir para eles ficarem do outro lado da rua, de modo que não estraguem o vídeo, mas que por outro lado, não há nenhuma lei que os obrigue a fazer isso. Falando a verdade, assim que eles verem o Chris vão todos saltar por cima dele.

Mas tem uma outra possibilidade mais que perturbadora. As fotos de pessoas bem conhecidas rendem dinheiro. Fotos de pessoas bem conhecidas perdendo a cabeça e batendo em fotógrafos rendem ainda mais dinheiro. Se você é o cara no qual a celebridade em questão fez isso, você terá o melhor clique enquanto eles disparam em direção a você com a maior fúria. Isso lhe dará uma foto tão valiosa que se tornará antagônica. Ei – quem sabe, se você incomodar alguém, talvez eles façam alguma coisa na qual você possa processá-lo.

Agora, eu nunca diria que alguém nesta nobre profissão incitaria uma pessoa ao ódio por apenas um dólar. Mas, você sabe – não é impossível. O clima no bar fica muito “sob cerco”. Chris é o que claramente está mais pressionado aqui. Mesmo que todo mundo diga a ele que “vai ficar tudo bem”, é ele quem tem que enfrentar a menor porcentagem de chance caso as coisas não fiquem bem – e também é ele quem pode acabar em sérios problemas se as coisas ficarem desagradáveis.

À medida que a conversa fica mais escura e e os rapazes mais preocupados, vem uma notícia pelos walkie talkies de que houve um “fender bender” [colisão entre veículos causando pequenos danos] na parte inferior da rua devido à multidão. As pessoas tentam rir, mas nenhuma risada soa verdadeira.

“Parece que essa música simplesmente não vai ter um clipe? Talvez devíamos simplesmente largar tudo”. Todo mundo tenta se manter entusiasmado e otimista, mas o ar se preencheu enquanto demos conta de talvez não tenha sido uma boa ideia.

Sempre radical, Will Champion abre a boca. “O que temos que fazer é negociar. Se nós dermos a eles o que eles quiserem – deixá-los tirarem as melhores fotos possíveis enquanto caminhamos pela rua – então nós poderíamos pedir a eles para que possamos gravar sem que eles atrapalhem”.

Parece simplesmente suficiente. Porém, basta apenas um deles quebrar a promessa e todos farão o mesmo e nós estaremos de volta ao caos completo e à tensão. Está sendo longamente discutido. O fato de que o clipe claramente tem potencial para ser incrível é o porquê de valer a pena tentar. Chris (no qual a alça do seu violão está pendurada de “love buttons”) sugere que eles têm que “abafar o problema com amor”. Para terminar, um sufocamento de amor por parte de Arlene e Mandi da administração é despachado à briga.

2014_06_17_03

Elas voltam com promessas de acordo. Não tem problema, mas agora é chegar lá e ver o que acontece. O clima é de esperança, mas ainda é tenso. A roupa de one-man-band do Will tem uma buzina de palhaço e ela faz barulho. Torna-se um pára-raios de nervosismo e, finalmente, todo mundo ri. Então há uma observação de que essas roupas se parecem muito com as dos Ghostbusters. E isso faz com que a banda vá até a rua tocando o tema da série.

Está previsivelmente cheio, mas é de longe muito melhor do que qualquer um poderia ter imaginado. Há ainda várias câmeras, mas mesmo nessa “corrida livre”, eles estão fora do caminho do cinegrafista oficial (que optou por uma pequena câmera compacta que empalidece um pouco). É imediatamente claro que não vai ser um desastre, mas sim completamente brilhante.

2014_06_17_04

A primeira caminhada termina e estamos de volta ao bar. Um paparazzi insistido em particular tem perseguido Chris no último trecho e tem uma câmera a poucos centímetros de seu rosto fazendo aquele “chikkeetchikkeetchikeeet” de disparos rápidos. É muito desagradável, pra dizer o mínimo. Em tempos anteriores, isso poderia ter dado muito errado. Mas ainda tem potencial para dar errado hoje. Chris vira e olha um tanto perplexo e apenas sorri. “O que você precisa, cara? Como posso ajudá-lo?”. E agora é o paparazzi que olha perplexo. Ele tira mais uma ou duas fotos enquanto Chris se abaixa, tira um “love button” com uma mão, entregando ao homem com um aperto de mão. O outro braço se estende e dá um tapinha do ombro dele. Um problema resolvido com amor. Qual o próximo?

2014_06_17_05

É hora do “guarda”. A verdadeira caminhada completa até o palco na pequena praça que vai terminar o vídeo. A vibração é exaltada enquanto a massa da mídia se comporta angelicalmente e o motivo no qual todos estão aqui é o foco novamente. Eles ensinam o caminho enquanto o refrão final da canção empoleira-se na pequena plataforma da praça. Estou sentado em uma lixeira com meu braço em volta de um poste de luz enquanto contemplo a cena.

Chris tem recentemente apresentado as canções no disco como sendo sobre passando alguns de seus mais sombrios momentos e superando tudo para voltar mais forte e mais feliz. A Sky Full Of Stars é a grande recompensa da peça nesse sentido – a enorme onde de, “você sabe… vai tudo ficar bem!”. Quão apropriado, então, que o estado de espírito enquanto gravava o clipe se encaixa com isso perfeitamente.

Toda aquela preocupação, todo o temor de possíveis resultados – tudo substituído por uma explosão de euforia e celebração, impossível de não ser arrastado à ela. Os sorrisos radiantes são genuínos, o riso e a alegria, uma visão sincera.

2014_06_17_06

Que grande resultado.

R42

Por Marcelo Monteiro
Aspirante a jornalista que ama música mas também sonha em ser publicitário. Como você pode ter percebido, sou libriano.