A incrível aventura da Box Full Of Dreams
A incrível aventura da Box Full Of Dreams

O Coldplay Brasil realizou sonhos de centenas de fãs entregando seus recados para a banda.

Compartilhe

Se você acompanhou o Coldplay Brasil pouco antes dos shows da banda por aqui, deve ter visto que nós fizemos um projeto com colaboração dos fãs chamado A Box Full Of Dreams. Nele, confeccionamos uma caixa para entregar de presente para a banda, e além dos recados dos mais de 100 fãs que nos entregaram seus bilhetes em São Paulo, ou que enviaram por e-mail, um álbum de fotos e uma carta desejando boas-vindas ao Coldplay. E preciso dizer uma coisa – não foi nada fácil planejar tudo isso a pouquíssimos dias do show.

A ideia do projeto foi toda criada num grupo de WhatsApp por alguns amigos que sugeriram a ideia de dar algum presente pra banda – algo que a gente já tinha pensado, sim, mas meio que abandonamos pois nenhuma confirmação de que iríamos os conhecer era certa. Cada um, então, se declarou responsável por ajudar em alguma coisa. Eu com as figuras, a carta e o álbum de fotos, Gabi com as fotos, Xu com os papeis para forrarmos, Letícia com a impressão dos recadinhos e Isabella com o saquinho para guardá-los.

UMA CARTA DE FÃS

Cinco anos.

Dá pra acreditar que já faz cinco anos desde a última vez que vocês vieram ao Brasil, para tocar no Rock In Rio 2011?

Daquele 1º de outubro até o dia de hoje, nós vimos vários rumores que vocês poderiam voltar até que, em novembro, vocês anunciaram a A Head Full Of Dreams Tour.

Vou lhes falar, não foi fácil quando os shows foram adiados e depois cancelados, em 2012. Eu posso dizer que as coisas meio que mudaram quando isso ocorreu, mas agora, vocês nos fazem sentir vivos de novo. Nós estávamos tão feliz naquele dia que tudo começou que mal dava pra acreditar que era verdade. Mas era, e está acontecendo agora.

Eu não tenho certeza se vocês lerão isso antes de subir ao palco, mas eu tenho certeza de que vai ser um show incrível, porque tem sido um dia incrível. Toda a empolgação voltada para esse momento é tão real e tão pura que cada momento é precioso. Muitas pessoas vieram pra cá com seus amigos ou familiares. Outros vieram sozinhos, mas todas essas vidas vão mudar completamente depois desse dia.

Vocês acreditam na quantidade de amigos que a plateia de hoje (e de todos os shows) fez por causa de vocês? Ou, vocês acreditam o quão extasiadas as pessoas vão se sentir no caminho de volta para casa? Essa vai ser a noite de, tipo, 50 mil pessoas. Pessoas que estão planejando e esperando por essa noite com tudo de seus corações e almas, e a sensação de alegria e satisfação vai estar no topo de suas mentes.

Mas, por outro lado, alguns não vão se sentir assim. Devido a alguns problemas (a maioria deles por conta de nossa atual situação financeira), alguns fãs não puderam comprar um ingresso para aproveitar esse momento. Dia após dia nós recebemos mensagens dessas pessoas, e nós realmente gostaríamos de poder ajudá-los, mas não a nada que possamos fazer – a menos que sejamos heróis, só por um dia, e aproveitar em nome de todos eles.

Foi uma espera de 120 dias. Mas que valeu totalmente a pena. Todos os sentimentos por trás da contagem regressiva (que estava em nosso site, desde o primeiro dia) eram inexplicáveis. E nós faríamos tudo isso de novo, só para ver vocês.

Obrigado por voltarem ao nosso país em um momento tão delicado no qual vivemos. Esperamos que vocês aproveitem a estadia. Amamos ter vocês aqui, e vocês podem voltar a qualquer hora que quiserem, para que outros fãs possam realizar seus sonhos.

Com amor,
Marcelo Monteiro, Karina Ferreira, Gabriela Rodrigues
e as mais de 50 mil pessoas que seguem o Coldplay Brasil e são orgulhosas de serem fãs de Coldplay.

51aa41d6-77f2-4f18-b6d6-1e1bd48f1e43

A caixa antes de ser uma caixa, propriamente dita, ainda em Goiânia.

Quando eu cheguei em São Paulo, um dia antes do show, fui dar uma volta pela cidade (com a Isa, inclusive), já que a Karina, que havia se encarregado de comprar a caixa, iria chegar só à noite. E assim que ela chegou, começamos uma batalha para terminar em tempo.

Qzy5rpcK

Sujando a cama do hotel de cola, enquanto confeccionávamos a caixa. Registro da Xu.

Ficamos até altas horas da madrugada decorando a caixa. O que não foi um problema, já que ninguém estava com sono – ou com fome, porque comemos uma pizza maravilhosa no jantar.

Enquanto isso, um pouco longe de São Paulo, mais precisamente em Mogi das Cruzes, Gabi terminava de escrever as legendas das imagens para colocarmos no álbum.

Antes de sairmos do hotel para ir ao Allianz Parque, eu e Karina preparamos uma mochila com sanduíches, alguns doces, muita água e claro, levamos a caixa com a gente. E assim começava um dia em que rodaríamos o dia todo com a caixinha. Pra você ter uma noção, essa caixa nos acompanhou por tudo que é canto e, provavelmente, já visitou mais lugares do que nós mesmos.

nW7XdJWl

O mutirão dos seguidores do Coldplay Brasil para cortar as mensagens dos fãs e colocar no saquinho. Meio difícil de cerca de dez pessoas fazerem isso com só duas tesouras.

Na fila, por exemplo, ela serviu como mesa para jogarmos Uno e para a Izabella (que desenhou nossa camiseta e fez um presente lindo pra banda), terminar o seu presente…

P_20160407_064015_BF

Nossos amigos Vitor, Izabella e Nelissy (da esquerda para a direita). Repare na caixa.

Dentro do shopping Bourbon, ao lado do estádio…

D5yYiqGA

Na Livraria Cultura (tudo bem que ela não aparece na foto, mas ela estava junto)…

LfU3UGsp

No almoço…

4h7YRV3C

E até mesmo estrelou algumas fotos!

13595894_10205411982098882_2058129080_n

A fã Luciana Imanisse pediu pra tirar uma foto – com a caixa.

Mas na volta ao estádio, na hora dos portões abrirem, um problema: os policiais não queriam nos deixar entrar com elas. Ficamos cerca de cinco minutos na fila, conversando com os policias, explicando a situação, mostrando o que tinha dentro, dizendo que nós havíamos falado com a banda (na verdade, com o Anchorman)… Pensei até em jogar na lixeira que havia do lado, até que o policial nos mandou entrar.

E olha a caixa dentro do estádio!

IMG_0495

Pouco depois dessa foto, estávamos na sala de amigos e familiares da banda, esperando eles chegarem. Mandi Frost, da equipe do Coldplay, ficou impressionada com o tamanho do nosso presente e perguntou o que havíamos preparado. Vicki Taylor, também da equipe, o encaminhou para eles, antes de virem à sala. Ao chegarem, Jonny repara na arte nas camisetas de nossa equipe e me diz “Você que fez o álbum de fotos? Eu estava dando uma olhada nele”.

E foi assim a incrível aventura da Box Full Of Dreams. Com uma parte dela gaúcha, outra goiana, outra paulista… Com a alegria de saber que a banda a viu e gostou. Foi cansativo e trabalhoso, mas valeu totalmente a pena.

Ah, e lembra quando eu falei que essa caixa provavelmente já viajou mais do que nossa equipe? É porque a banda postou uma foto com ela na Colômbia e, quem sabe, uma hora dessas, ela deve estar em Londres (repare que o saco dos recados está fora da caixa. Sabe o que isso significa, né?).

  • Pamela Parreira

    Caramba! Quem do Coldplay Brasil é daqui de Goiânia? Fiquei super curiosa! Deve ter sido muito emocionante entregar a caixa pra banda e depois vê-la no instagram deles. Bom trabalho galera! Valeu a pena o esforço, hein?! Beijos

    • oi, pamela! na verdade, ninguém da equipe é de goiânia, mas sim, a xu, que ajudou na confecção. foi uma honra enorme, sim. bjs. :*

Por Marcelo Monteiro
Aspirante a jornalista que ama música mas também sonha em ser publicitário. Como você pode ter percebido, sou libriano.