Coldplay Brasil anuncia remoção de conteúdo sob direitos autorais de seu canal no YouTube
Coldplay Brasil anuncia remoção de conteúdo sob direitos autorais de seu canal no YouTube

Vídeos que possuam conteúdo que não seja de propriedade do site serão excluídos no dia 31 de março.

Compartilhe
Publicado em 6 de março de 2017 e atualizado pela última vez em 31 de março de 2017 às 12:10.

Recentemente, a Universal Music Publishing, responsável pela publicação das músicas do Coldplay, denunciou a página do Coldplay Brasil ao Facebook por violação dos direitos de propriedade intelectual de outra pessoa, pelo uso de material sob direitos autorais da empresa e do Coldplay, sob pena de, caso os atos continuem, exclusão da página e dos perfis dos seus respectivos administradores do Facebook. Devido a este fato, vários vídeos publicados em nossa página na rede social foram removidos.

Isso acabou gerando uma discussão interna na equipe do Coldplay Brasil sobre o conteúdo de seus vídeos no YouTube – e a reprodução destes no Facebook – e, em respeito tanto à regra dos termos de ambas as plataformas quanto à banda, foi decidida a exclusão dos vídeos que possuam conteúdo sob direitos autorais, como apresentações em shows, festivais, programas de TV e demais reproduções de terceiros.

A partir do dia 31 de março os respectivos vídeos não estarão mais disponíveis no canal do Coldplay Brasil no YouTube:

Aproveitando a movimentação no canal, alguns vídeos adicionados antes de 2014 serão “remasterizados” em versões mais recentes e com qualidade superior, portanto, serão excluídos e adicionados novamente, também a partir do dia 31 de março.

O Coldplay Brasil se compromete a prestar os devidos esclarecimentos aos proprietários dos conteúdos, caso seja necessário, prontificando-se, também a ajudar fazendo o que for possível.

Por Redação CPBR
Sua fonte de notícias sobre Coldplay e a maior cobertura d’A Head Full Of Dreams Tour no Brasil (também conhecido como ‘o site’)