Festival Global Citizen terá edição na Argentina neste ano, diz Chris Martin – Coldplay Brasil
Festival Global Citizen terá edição na Argentina neste ano, diz Chris Martin

O vocalista, que assumiu a curadoria do festival, fez o anúncio em um evento da Global Citizen, mas não confirmou a presença da banda.

Texto Marcelo Monteiro
domingo, 4 de Março de 2018

Pela primeira vez, a América Latina irá sedear uma edição do Festival Global Citizen, festival realizado anualmente (com uma edição fixa em Nova York) pela organização não governamental de mesmo nome. O anúncio foi feito por Chris Martin, diretor criativo do festival, em um evento da Global Citizen dedicado a Nelson Mandela, na noite de quinta-feira (1).

Na ocasião, o vocalista disse que eles — sem deixar claro quem são eles (o próprio Chris, Coldplay, ou o Global Citizen em si) — farão edições tanto na Argentina, quanto na África do Sul, em novembro e dezembro, além da edição tradicional realizada em Nova York todos os anos. Especula-se, ainda, que os eventos serão realizados no dia 29 de novembro (na Argentina) e no dia 2 de dezembro (na África do Sul).

Desde 2015 que Chris Martin é o responsável pela curadoria do festival, e prometeu que, pelo menos até 2030, o posto será seu. “Eu sempre senti que, como músico, um dia nós mostramos interesse sobre uma causa e nós realmente acreditamos no que estamos falando, mas no dia seguinte nós temos nossas próprias preocupações”, disse o vocalista, no evento que marcou o seu anúncio. “Quero tentar ter uma relação mais estável entre artistas e pessoas que realmente estão tentando mudar o mundo”, concluiu.

Histórico

Desde a primeira edição que participou, Coldplay esteve presente em várias outras.

Foi no evento, em 2015, que a banda apresentou uma canção de A Head Full of Dreams pela primeira vez. A faixa “Amazing Day” foi a única surpresa em uma setlist marcada pela esperança dos fãs em alguma nova canção, encerrando o show. A cantora Ariana Grande ainda subiu ao palco para tocar “Just A Little Bit of Your Heart” com Chris Martin.

Chris Martin com a bandeira indiana em seu bolso traseiro.

Já em 2016, apenas Chris Martin participou. O vocalista se juntou ao da banda Pearl Jam, Eddie Vedder, em apresentações de “People Have the Power”, clássico de Patti Smith e “Nothingman”, da banda de Vedder. No final do ano, ocorreu a primeira edição na Índia, marcada também pela primeira apresentação do Coldplay no país e por uma polêmica: um partido indiano pediu que a polícia indiana investigasse um suposto desrespeito à bandeira da Índia, já que Chris havia a pendurado na calça — algo que fez em todos os países que passou com a turnê. A investigação não seguiu adiante.

Na última edição, que ocorreu em Hamburgo, na Alemanha, mais participações: Shakira se juntou à banda no palco, fazendo duetos de sucessos da cantora, como “Chantaje” (com direito a Chris Martin cantando espanhol), “Me Enamoré”, e de canções da banda, como “Yellow” e “A Sky Full of Stars”.

Declarações

Os rumores de uma possível participação do Coldplay na edição argentina do Festival Global Citizen batem de frente com uma declaração de Dave Holmes, empresário da banda, em uma recente entrevista ao portal Music Business Worldwide. Holmes declarou que não sairão em turnê até, pelo menos, 2021. “Vamos tirar um momento para respirar”, disse. “Precisamos de uma pausa e vamos voltar com algo realmente especial”.