Em entrevista ao The Straits Times, Chris e Jonny falam sobre o Kaleidoscope EP e mais
Em entrevista ao The Straits Times, Chris e Jonny falam sobre o Kaleidoscope EP e mais

A banda falou sobre parcerias, mudanças na sonoridade e aceitação as criticas.

Compartilhe
Publicado em 31 de março de 2017 e atualizado pela última vez em 31 de março de 2017 às 16:51.

Coldplay não fazia ideia do drama envolvendo a venda de ingressos para o show da A Head Full Of Dreams Tour em Singapura. Os ingressos foram esgotados horas após o inicio das vendas, fazendo com que a banda adicionasse uma data extra, e mesmo assim, muitos que não conseguiram comprar, recorreram a cambistas. Nesta semana, dois homens foram presos suspeitos de participarem de um golpe envolvendo os ingressos para o show. Juntos, os dois shows somam mais de 100 mil ingressos vendidos.

Em entrevista ao The Straits Times, Chris e Jonny, que estavam ensaiando e tentando dormir desde quinta-feira, quando eles chegaram para tocar no Estádio Nacional, disseram que não estavam cientes do ocorrido, apenas o fato de terem adicionado uma data extra, pois para eles isso significa algo bom.

A banda irá lançar o Kaleidoscope EP no dia 2 de junho e duas canções já foram liberadas, entre elas, a parceria com o duo The Chainsmokers, que foi considerada “muito comercial” pela critica. “Se você nos julgar apenas pelos nossos singles, pode dizer que fizemos uma música com The Chainsmokers, que é muito pop, mas a verdade é que nós amamos isso. Nós aceitamos tudo o que fazemos, sabemos que alguém não vai gostar está tudo bem.” disse Chris Martin.

Jonny Buckland revelou que a banda levou um estúdio para a estrada durante a turnê, pela primeira vez, e que eles estão bastante entusiasmados em continuar usando-o. Ele também acredita na mudança na sonoridade da banda “Tem sido importante para nós, para tentar não repetir-nos. Se tentássemos copiar qualquer um de nossos álbuns anteriores, seria um desastre”.  Entretanto, as canções tem de passar por uma especie de audição pelos membros da banda, “como se fosse um American Idol”, Chris fala em tom de brincadeira. “Nós não projetamos a nossa música. É difícil de explicar, soa pretensioso, as músicas vem de qualquer outro lugar, nós só fazemos o que dizem e eu sei que isso é estranho e louco, mas é a verdade.” acrescenta ele.

Quando questionados sobre mais parcerias no Kaleidoscope EP, Chris diz que poderá haver uma parceria na canção Miracles 2. “Nós veremos. Ainda estamos trabalhando, estamos finalizando uma música”.

Por Karina Ferreira
8 to 9, 9 to 10.