ColdplayStories #4 – Os três anos de Mylo Xyloto
ColdplayStories #4 – Os três anos de Mylo Xyloto

Dá pra acreditar que já faz três anos desde que o “Mylo Xyloto” foi lançado? Pois é, no dia 24 de […]

Compartilhe
Publicado em 24 de outubro de 2014 e atualizado pela última vez em 19 de dezembro de 2016 às 20:09.

Dá pra acreditar que já faz três anos desde que o “Mylo Xyloto” foi lançado? Pois é, no dia 24 de outubro de 2011 chegava às lojas o quinto álbum do Coldplay, que foi surpreendente – no bom sentido pra uns, e no péssimo pra outros. Poderíamos simplesmente divulgar o link da Discografia do álbum no nosso site ou postar uma foto em comemoração. Mas, todos nos concordamos que um álbum como esse precisa de um post especial, não é?

every teadrop is a waterfallTudo começou quando o single “Every Teardrop Is A Waterfall” (já viu nosso post falando sobre onde a banda tirou a inspiração pra ela?), em 3 de junho daquele mesmo ano. A música super dançante, colorida, digamos até extravagante, foi um sucesso nas paradas de todo o mundo, e não foi diferente aqui no Brasil. E quando o clipe foi lançado, no dia 28 daquele mês, foi confirmadíssima que o álbum teria essa vibe fanfarrona da música.

Pra deixar a gente ainda mais ansioso, pouco antes do single ser lançado, o Guy ainda deu uma entrevista (depois do Chris ter dito que “bandas não devem prosseguir depois dos 33 anos de idade”) e falou que já estavam gravando um álbum. Ele disse o seguinte:

Já temos algumas ideias para as novas canções. Nós nunca paramos de escrever. Nós vamos para o estúdio com todos os nossos melhores planos, e acabamos por fazer aquilo que não era a nossa intenção. É simplesmente emocionante saber o que vai sair nos alto-falantes daqui a um ano. Temos coisas muito excitantes preparadas. É hora de levar a nossa música para direções diferentes e explorar outras vias.

E teve mais spoiler sobre como seria o álbum, mas quem falou dessa vez foi o Chris. Ele disse que o álbum seria “uma fanfarra musical” e que “provavelmente começaria com a letra M”.

A banda então resolveu que era hora de entrar em ação e iniciar de vez a Era do álbum, começando por confirmar participações em vários festivais, incluindo o Rock In Rio. Então, no Rock Im Park, na Alemanha, eles tocaram algumas músicas do “Mylo Xyloto”, sendo elas “Every Teardrop Is A Waterfall”, “Major Minus”, “Princess Of China”, “Hurts Like Heaven”, “Charlie Brown” e “Us Against The World”, pela primeira vez. Olha só esse trecho do Roadie #42 da época:

Havia uma boa quantia de material novo hoje à noite — um total de sete músicas — apenas uma das quais tinha qualquer hipótese de já ter sido ouvida por alguém da plateia

Até antes do lançamento, a banda ainda lançou mais um single. “Paradise” chegou ao público no dia 12 de setembro de 2011, tendo sua estreia às 7h50 no “The Chris Moyels Show”, da BBC Radio 1. O lançamento do single foi anunciado junto com a capa e título do álbum, no dia 12 de agosto. Quem aí se embaralhou todo ao tentar falar “Mylo Xyloto” pela primeira vez?

E 23 dias antes do álbum ser lançado, teve o showzaço, pra mais de 80 mil pessoas, no Rock In Rio. Não teve quem não pulou e se emocionou com cada frase cantada. Fosse pela TV ou na Cidade do Rock, todo mundo aproveitou muito o show e curtiu todas as músicas. Certo? Hue. Podemos dizer que foi um dos melhores shows da banda, de todos os tempos. Dá até um arrepio escrever sobre isso, ahhhhh.

Depois do álbum ser lançado – e de todo mundo já ter furado o disco de tanto ouvir – a banda lançou ainda mais três singles: “Charlie Brown”, “Princess Of China” e, o último, “Hurts Like Heaven”.

comicsO enredo do álbum, que fala sobre uma ditadura onde a cor é proibida e os rebeldes querem mudar isso, ficou tão bom que a banda resolveu lançar uma história em quadrinhos. As “Mylo Xyloto Comics” contam a história de um personagem que leva o nome do álbum e que é o único que pode salvar a todos, pois os rebeldes foram aprisionados, e mal sabe ele
que ele contém poderes mágicos. O primeiro volume foi lançado de graça no iTunes e também está presente no clipe de “Hurts Like Heaven”.

Não podemos negar que “Mylo Xyloto” é um dos melhores álbuns do Coldplay. Sua mensagem de amor, esperança, amizade e luta, cativa a todos que o ouvem desde a primeira vez. É uma obra-prima repleta de emoções e lições que levamos pra vida toda. E, assim como todo seus irmãos, fez história. De algum jeito, fez.

SAIBA TUDO SOBRE O ÁLBUM

Don’t let them take control.

  • Elaine Cristina

    O que mais gosto no Coldplay é a capacidade de se reinventar, nunca é mais do mesmo, sendo que muita vezes queremos que seja, como um novo CD com a mesma pegada do A Rush of Blood To The Head, mas a originalidade é o que eu mais gosto.

Por Marcelo Monteiro
Aspirante a jornalista que ama música mas também sonha em ser publicitário. Como você pode ter percebido, sou libriano.