“Nós estamos de olho em vocês”, diz Coldplay em vídeo a líderes mundiais – Coldplay Brasil
“Nós estamos de olho em vocês”, diz Coldplay em vídeo a líderes mundiais

Publicação faz parte de campanha das Nações Unidas pelo cumprimento dos 17 Objetivos Globais do Desenvolvimento Sustentável.

30.jan.2020
Imagem do vídeo divulgado pela banda com a mensagem “Nós estamos de olho em vocês” (Foto: ONU/Reprodução)

Nesta sexta-feira (31), o Reino Unido deixa, oficialmente, a União Europeia. Após diversas tentativas de aprovação dos termos do Brexit no Parlamento britânico e a renúncia da ex-primeira-ministra Theresa May, o recém-empossado Boris Johnson conseguiu a maioria dos votos e o acordo foi ratificado tanto pela Rainha Elizabeth II, quanto pelos países membros da UE.

Em um vídeo publicado nesta quinta-feira (30) nas redes sociais, Coldplay se direcionou aos líderes mundiais. “Nós estamos de olho vocês”, a banda escreveu.

Críticos à medida, em junho de 2016, logo após a confirmação do “sim”, no controverso plebiscito em que a população britânica votou pela saída ou não do bloco, a banda – britânica – usou também as redes sociais para se expressar. “Essa decisão não nos representa, e certamente não representa a maioria da nossa geração, ou da geração que nos segue”, dizia o comunicado.

“Um dia, esperamos que haja mais união, e incentivamos os nossos fãs a trabalhem nisso tanto quanto nós iremos”, concluíram.

Na mensagem desta quinta-feira, Chris Martin, Jonny Buckland, Guy Berryman e Will Champion se uniram a vozes de todo o mundo. “Temos orgulho de nos unirmos a ativistas ao redor do mundo para exigir aos líderes que mantenham sua promessa com os Objetivos Globais do Desenvolvimento Sustentável”, prossegue a mensagem.

O vídeo apresenta uma carta, assinada por 20 ativistas, entre eles, Malala Yousafzai, alerta para a situação global do clima, dos desastres naturais, da fome e da perseguição a ativistas. “Apesar de tudo isso, no entanto, ainda ousamos esperar que em 2020 vocês agirão de forma decisiva e corajosa e iniciarão uma década de ações cruciais”, contrapõe o texto.

Estabelecidos pela Assembleia Geral das das Nações Unidas (ONU) em 25 de setembro de 2015, os Global Goals são um conjunto de 17 metas a serem cumpridas pelos 193 estados-membros da ONU, em ações planejadas para o desenvolvimento social e econômico, como foco na pobreza, fome, saúde, educação, aquecimento global, igualdade de gênero, água, saneamento, energia, urbanização, meio ambiente e justiça social.

A Global Citizen, organização não-governamental que organiza o festival musical homônimo encabeçado pelo vocalista Chris Martin, é uma das porta-vozes do movimento pelo cumprimento das metas.

Os 17 Global Goals, Objetivos Globais do Desenvolvimento Sustentável. (Foto: ONU/Reprodução)

No entanto, o engajamento do Coldplay em causas políticas mundiais não é do período pós-Brexit. Desde 2003, quando saiu em turnê para divulgar o álbum A Rush of Blood to the Head, a banda se engajou em uma série de movimentos, do comércio justo até a grilagem de terras. Em parceria com a Oxfam, diversas campanhas e abaixo-assinados são levados até as casas de show e estádios nos dias de espetáculos do Coldplay. Na última passagem pelo Brasil, na turnê de A Head Full of Dreams, os fãs foram convidados a se mobilizarem em favor dos refugiados.

Um relatório divulgado pela ONG no último dia 20, na abertura do Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, alertou para o crescimento da desigualdade social no mundo. O levantamento da organização afirma que os bilionários do mundo, 2.153 pessoas, tem mais riqueza do que 4,6 bilhões de pessoas. Se o 1% dos mais rico do mundo pagasse uma taxa de 0,5% sobre sua fortuna, nos próximos 10 anos seria possível criar 117 milhões de empregos em áreas como a educação, a saúde e de cuidado para idosos.

Em entrevista ao Coldplay Brasil, em 2013, Al Kinley, membro da ONG no Reino Unido, disse que “a música do Coldplay une as pessoas em todo o mundo.” “Quando esse movimento global de fãs pode ser aproveitada para criar uma mudança social, há muito que podemos alcançar como ativistas”, concluiu.

Confira a íntegra da carta:

Prezados líderes mundiais,

Estamos em uma situação de emergência.

Somos ativistas de diferentes causas de todas as partes do mundo e, pela primeira vez, unimos nossas vozes para escrever esta carta exigindo ações imediatas neste ano crítico.

Há cinco anos, na sede da Organização das Nações Unidas, 193 países assumiram o compromisso de implementar os Objetivos Globais de Desenvolvimento Sustentável.

Trata-se de um plano histórico para erradicar a pobreza extrema, superar desigualdades e reverter a crise climática.

Vejam a situação atual do nosso planeta.

O clima está aquecendo.

Desastres naturais estão se tornando cada vez mais frequentes.

Milhões de pessoas estão sendo forçadas a abandonar seus lares.

Crianças estão sofrendo com as falta de itens essenciais como alimentos e assistência médica.

Ativistas estão sendo assassinados por defender seus pontos de vista.

Meninas e mulheres estão tendo seu direito à educação negado e sofrendo discriminação e violência.

Apesar de tudo isso, no entanto, ainda ousamos esperar que em 2020 vocês agirão de forma decisiva e corajosa e iniciarão uma década de ações cruciais.

Precisamos que vocês ajam mais depressa.

Para obter os recursos necessários para implementar essas ações. Para monitorar a implementação. Para desenvolver soluções radicais.

Estamos de olho em vocês. E lutaremos todos os dias, pelas pessoas e pelo planeta.

Não somos poucos: somos milhões unidos em uma só voz e com uma única pergunta.

Como vocês cumprirão sua promessa e avançarão substancialmente na implementação dos Objetivos Globais este ano?

Esperamos que respondam com a urgência necessária.

mm
Fundador e editor-chefe do Coldplay Brasil. Estudante de jornalismo (Universidade Luterana do Brasil) e repórter na Ulbra TV.
Enviar sugestão
Reportar erro

Comentários

Os comentários não representam a opinião do Coldplay Brasil e são de responsabilidade de seu respectivo autor. Utilizamos o Akismet para reduzir spam — entenda como seus dados de comentários são processados.

Deixe um comentário

© Coldplay Brasil 2012-2020 | Creative Commons | Política de Privacidade | DMCA
Desenvolvido por Marcelo Monteiro e inspirado no trabalho de Pilar Zeta e Rabbit Hole